35 visualizações

Audio:

04.06.2018 CRÔNICAS DE ALEXANDRE FERNANDES Publicado em: 4/6/2018
  • Categoria: JUNHO

04.06.2018 CRÔNICAS DE ALEXANDRE FERNANDES

 

Os direitos humanos sem humanos direitos

 

O tema desta crônica pode ficar confuso na primeira linha, mas posso afirmar que a maioria da sociedade nunca conseguiu entender direito o tal dos direitos humanos. Na Wikipedia, dicionário virtual, se lê o seguinte: Os direitos humanos no Brasil são garantidos na Constituição de 1988. ... Ao longo da constituição, encontra-se no artigo 5.º o direito à vida, à privacidade, à igualdade, à liberdade, além de outros, conhecidos como direitos fundamentais, que podem ser divididos entre direitos individuais, coletivos, difusos e de grupo.

 

A minha inspiração deste tema é pelas consequência de inúmeros cidadãos brasileiros serem vítimas da violência em todos os sentidos e ao contrário beneficia cidadãos em conflito com as leis, através de um sistema reconhecido como falho. Ser cidadão do bem é apenas para aqueles que nasceram para serem ovelhas e vivem sobre o pastoreio de lobos.

 

Se não bastasse a violência urbana, agora somos noticiados que fronteiras são dominadas por traficantes de drogas como a que está acontecendo na região do Acre. Jovens sendo recrutados e arregimentados para o crime na esperança de riqueza e poder e que possuem duas condições em uma vida insana: A morte ou a conversão espiritual.

 

Na constituição, o direito à vida é garantida, mas o governo não consegue dar proteção a todos. A privacidade que era para se ter liberdade de encontrar um local para o merecido descanso e reflexão, são privados por sistema eletrônicos que nos monitoram diuturnamente em nome da segurança pública. A igualdade seria perfeita se não houvesse o preconceito. Como pode se ter liberdade quando precisamos nos proteger sobre grades e sistema de segurança e provavelmente teríamos uma lista enorme se comentássemos todos os direitos fundamentais.

 

Um país onde direitos humanos é poder enriquecer de forma ilícita. Poder promover uma paralisação de âmbito nacional e assistir relatos de oportunistas que reajustam preços. Direitos humanos é garantir que preso tem o direito de ter acesso ao trabalho remunerado e à reserva de dinheiro resultado de seu trabalho mesmo que cidadãos preconceituosos e ignorantes não entendam o princípio da dignidade humana.

 

Para se viver como humano direito, é preciso antes de tudo entender a complexidade de se ter direitos humanos. 

Faça seus comentários sobre está notícia

Últimos comentários

 
 
     
   
     
Publicidade:
© 2013 Atlantis News - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Novos Ventos Sistemas