Veja 10 perguntas que não devem ser feitas na entrevista de emprego
30/7/2014 08:50:22
 

 Veja 10 perguntas que não devem ser feitas na entrevista de emprego

Candidatos devem evitar perguntar sobre período de férias e aumento.

Antes da conversa, profissionais devem pesquisar sobre a empresa.

Pâmela Kometani

Do G1, em São Paulo

 

 

Entrevista de emprego (Foto: Reprodução/TV Globo)

Quem nunca ficou sem saber o que dizer no final de uma entrevista quando o recrutador fala: "Você tem alguma pergunta ou dúvida?". Normalmente, o candidato ainda está pensando em tudo o que ouviu sobre a empresa e a oportunidade de emprego e não sabe o que falar.

Com o tradicional nervosismo que as entrevistas causam, a maioria dos candidatos corre o risco de fazer uma pergunta que pode estragar a boa impressão obtida durante a conversa.

O Glassdoor, site norte-americano de carreiras, listou as 10 perguntas que não devem ser feitas durante uma entrevista. Veja abaixo:

saiba mais

Veja dicas para ser notado pelas empresas na hora de buscar emprego

1) Você poderia falar mais sobre a sua empresa?

Antes de qualquer entrevista, a primeira atitude do candidato deve ser pesquisar sobre a empresa. Quem faz esse tipo de pergunta mostra que 'não fez a lição de casa'.

2) Quanto tempo terei de férias?

Os candidatos devem evitar perguntas sobre vantagens adicionais e benefícios durante a entrevista. Eles só devem falar sobre o assunto se o recrutador falar primeiro.

3) Em quanto tempo terei um aumento?

Mais uma vez, o tema proibido. Os candidatos só devem falar sobre esse assunto se ele for falado pelo entrevistador.

4) Vocês vão checar os meus antecedentes?

Quando o candidato se inscreve para uma vaga, ele já deve imaginar que o recrutador fará esse tipo de pesquisa. Na verdade, 69% dos empregadores pesquisam os antecendentes dos candidatos.

5) Quem são os concorrentes da empresa?

O candidato que fez a pesquisa sobre a empresa antes da entrevista não deve fazer esse tipo de pergunta. Recrutadores esperam que o profissional já tenha ideia do posicionamento da companhia antes de começar a conversa.

6) Qual a importância da frequência?

Falar sobre pontualidade durante a entrevista pode ligar o 'sinal vermelho' na cabeça do recrutador. O candidato deve saber que precisa ir trabalhar todos os dias e evitar faltas.

7) Posso trabalhar de casa?

Se uma companhia permite que o profissional trabalhe de casa algumas vezes por semana, isso já será informado na descrição do cargo. Portanto, não é necessário perguntar sobre isso durante a entrevista.

8) Vocês têm 'casual fridays'?

"Sextas-feiras casuais" e festas da empresa são coisas que o profissional pode conhecer depois que for contratado. O ideal é que o profissional guarde essa pergunta e a faça para algum colega de trabalho após a contratação.

9) Como é o processo de avaliação?

Embora o profissional possa realmente estar preocupado com seu desempenho ou como os feedbacks são feitos, ele deve evitar esse tipo de pergunta. Isso pode trazer preocupações para o recrutador sobre como será a perfomance do candidato após a contratação.

 

10) Eu não tenho nenhuma pergunta

Os recrutadores esperam que o candidato tenha pelos menos uma pergunta ao final da entrevista.

Publicado por: Alexandre Fernandes
Categoria: Dicas da semana
Veja no site do anunciante